segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Erika Pinheiro - Desde quando fiz meu primeiro ensaio, me apaixonei e vi que eu me identificava com aquilo, que a fotografia fazia parte de mim e que eu encontraria nela uma forma de me expressar.

Seu nome: Erika Pinheiro
Onde nasceu: São Paulo A importância da sua família para com a sua carreira: Minha família não me apoia, acham que é besteira esse tipo de coisa. Você se descobriu com o talento de modelo a partir de quando? Desde quando fiz meu primeiro ensaio, me apaixonei e vi que eu me identificava com aquilo, que a fotografia fazia parte de mim e que eu encontraria nela uma forma de me expressar. Qual o estilo fotografico que mais lhe atrai? Eu sou apaixonada por fotografia, acho que em cada destilo consegue se passar o mesmo fato em perspectivas distintas. Mas sou apaixonada por boudoir, nu e street. Como foi sua primeira experiencia fotográfica em publico? Sinceramente nos primeiros momentos fiquei meio sem graça, sem jeito, mas aos poucos fui me soltando e tudo rolou bem. Qual a importancia das redes sociais para a sua carreira? Creio que as redes sociais são uma forma eficaz e rapida para atingir o publico, além de serem locais onde inevitavelmente estamos mais proximos então fica mais facil perceber aquilo que esta ou não agradando e também ter uma relação mais intima com os seguidores. Como é sua relação com seus fãs e seguidores? Possuo uma relação super bacana com meus seguidores, procuro sempre responder todos os comentários, agradecer pelos elogios e ser o mais próxima possível pois o sucesso do meu trabalho depende deles gostarem ou não. Sou simpática e acima de tudo respeito todos, pois também espero sempre ser respeitada. Vez ou outra acontece algum caso isolado de gente sem noção e que não tem o menor respeito comigo e com meu trabalho, mas nada que atrapalhe. Qual o trabalho mais importante que voce já realizou? Pra mim todos os meus trabalhos são importantes. Todos eles me agregam e me engrandecem de alguma forma, aprendo sempre e isso pra mim é o mais importante. Pois ver o resultado do meu trabalho cada vez melhor é maravilhoso. Você hoje vive somente da atividade de modelo? Não, também trabalho como vendedora. Fale um pouco de seus projetos: No momento não possuo nenhum projeto pessoal inteiramente meu, tenho alguns em mente mas ainda é cedo para falar. Geralmente faço parceria com alguns fotógrafos para ensaios e também sou modelo alternativa da agência Alt Girl Ink onde mostramos que toda mulher é linda, independente de padrão, Lá foi onde consegui um maior espaço para ser divulgada e crescer, me sinto em família e estamos sempre em busca de inovar. Como você vê a situação politica do pais e que mensagem você deixa aos mais jovens? Acho a situação atual do Brasil a mais vergonhosa possível. A corrupção tomou conta, e não se sabe mais para onde correr, a população apenas assiste atônica a situação piorar cada vez mais. E infelizmente, independente de quem estiver no poder a situação não tende a mudar. Num pais onde a exploração do mais fraco e o roubo foram desde a época do descobrimento a forma mais eficiente de ter dinheiro e poder, pouco pode se esperar. Mas ainda tenho fé que num futuro as coisas pelo menos melhorem e essa esperança eu vejo nos jovens e á eles digo agora: estudem, aprendam, questionem, opinem, não sejam massa de manobra do governo pois para estarem lá eles precisam dos votos de vocês. Para os políticos, para o governo não é interessante população inteligente, então sejam totalmente o contrário do que eles esperam.

Fotos Daniel Andrade