segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Patricia kallabrasion - Hoje tô bem, vivo bem, consigo manter um padrão ótimo, estou feliz com tudo que aconteceu e com as etapas q tive que ultrapassa para ser reconhecida, trabalho que realizei e ainda realizo.

Patricia kallabrasion, nasceu em Capão da Canoa Rio Grande do Sul, tem Formação Superior Completa. Sua família é a base de tudo, sem o apoio e a força da minha família, eu não chegaria a nenhum lugar, pois nunca se deve andar sozinho. Há 8 anos comecei como striper, mas já participei de grupos de dança, apresentação em carnavais em fortaleza, Floripa e Laguna. Pode não parecer mas pra fotografia sou um pouco tímida, mas como fotografei com os melhores, até me soltei um pouco, meu primeiro ensaio foi pra estúdio Paragem no Sul, meu segundo foi pra revista eletrônica Sexy Girls, e pro Reality Show Dream Cam, terceiro pra revista Premiere Sex. Fiz também 2 ensaios pra revista Arena Hot e também pro site Gatas e Gatas como fotografo Daniel Andrade. quando se fala de público é mas complicado, mas seja gentil quando for preciso e viro as costas se algo não me agrada, certas coisas é melhor ignora, mas me dou bem com a maioria do público, seja homem ou mulher. As Redes Sociais são fundamentais pro meu trabalho, através dela fecho muito shows e eventos, a grande maioria de fãs e seguidores são os melhores, gentil, me tratam com carinho e respeito, para mim é o princípal, alguns são baixo nível mas eles são minoria e não faz diferença pra mim. Hoje tô bem, vivo bem, consigo manter um padrão ótimo, estou feliz com tudo que aconteceu e com as etapas q tive que ultrapassa para ser reconhecida, trabalho que realizei e ainda realizo, é a fabricação das minhas fantasias, cada uma tem um toque especial. Meus projetos para o futuro é termina o curso de pole dance, abrir um atelier de costura e ficar tranquila, trabalhando no que gosto, Vejo a situação política cada vez pior, muita corrupção, falta de emprego, salário uma vergonha em quanto os impostos fica cada vez mas alto, no brasil os jovens não tem oportunidade pra alcançar seus objetivos, falta estrutura, colégio, curso profissionalizante, falta Chance pros jovens provar q podem sim mudar um pouco a situação do brasil.

Fotografos
Leo Whatley, Fábio Barrocal, Daniel Andrade e Charles Rodrigues