segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Thiago Braz - Campeão Olímpico Rio 2016 , começou no atletismo aos 14 anos, treinando e competindo pelo Clube dos Bancários de Marília, transferindo-se depois para cidade de Bragança Paulista, meses depois vencendo o Campeonato Brasileiro de Menores e o Juvenil, além do Estadual de Menores e o Estadual Juvenil. Em sua primeira competição internacional, em 2009, foimedalha de bronze do Campeonato Sul-Americano Juvenil, ano em que também foi campeão brasileiro juvenil. Desde este ano é atleta do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Em 2011, aos 17 anos, foi vice-campeão do Troféu Brasil de Atletismo

Campeão Olímpico Rio 2016 , começou no atletismo aos 14 anos, treinando e competindo pelo Clube dos Bancários de Marília, transferindo-se depois para cidade de Bragança Paulista, meses depois vencendo o Campeonato Brasileiro de Menores e o Juvenil, além do Estadual de Menores e o Estadual Juvenil. Em sua primeira competição internacional, em 2009, foimedalha de bronze do Campeonato Sul-Americano Juvenil, ano em que também foi campeão brasileiro juvenil. Desde este ano é atleta do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Em 2011, aos 17 anos, foi vice-campeão do Troféu Brasil de Atletismo.[1]

Campeão Mundial Junior[editar | editar código-fonte]

Foi campeão mundial júnior da prova no Campeonato Mundial Júnior de Atletismo realizado em julho de 2012 em BarcelonaEspanha. Thiago ganhou a medalha de ouro com a marca de 5m55, novo recorde brasileiro juvenil, conseguida na primeira tentativa. Foi o primeiro título mundial júnior do Brasil desde a vitória de Clodoaldo dos Santos em Lisboa em 1994 na corrida de 20 km, prova não mais existente.[2]

Carreira Profissional[editar | editar código-fonte]

Thiago vem sendo treinado por Vitaly Petrov, o mais respeitado técnico de salto com vara do mundo, que tem no seu currículo o treinamento de Sergei BubkaYelena Isinbayeva eFabiana Murer. A saltadora brasileira é amiga e orienta o atleta desde que ele tem 15 anos de idade. O melhor resultado anterior do brasileiro foi a medalha de prata nos I Jogos Olímpicos da Juventude em Cingapura, 2010.[2]
Em agosto de 2013, com um salto de 5,82m, 1 cm a menos que seu recorde sul-americano, superou o campeão mundial Raphael Holzdeppe e conquistou a medalha de ouro no Meeting de Leverkusen, na Alemanha.[3] Em fevereiro de 2016, no torneio indoor Istaf em Berlim, derrotou o campeão olímpico e recordista mundial Renaud Lavillenie vencendo a prova com a marca de 5,93 m, novo recorde brasileiro e sul-americano.[4] Ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 saltando 6,03m fazendo o novo record Olímpico.

Principais resultados[editar | editar código-fonte]

AnoCompetiçãoSedePosiçãoNotas
2009Campeonato Sul-americano JuniorBrasil São Paulo4,40 m
2010I Jogos Olímpicos da JuventudeSingapura Cingapura5,05 m
Campeonato Sul-americano da JuventudeColômbia Medellín5,10 m
2011Campeonato Pan-americano JuniorEstados Unidos Miramar[vago]5,20 m
Campeonato Sul-americano JuniorColômbia Medellín4,85 m
2012Campeonato Mundial JuniorEspanha Barcelona5,55 m
2013Campeonato Sul-americanoColômbia Cartagena das Índias5,83 m (Recorde sul-americano)
Campeonato MundialRússia Moscou14th (q)5,40 m
Meeting de LeverkusenAlemanhaLeverkusen5,82 m
2016Meeting Internacional Indoor ISTAFAlemanha Berlim5,93 m (Recorde sul-americano)
Rio 2016BrasilRio 20166,03 m (Recorde olímpico)

Referências

  1. Ir para cima «Thiago Braz». BM&FBOVESPA Atletismo. Consultado em 15/07/2012.
  2. ↑ Ir para:a b «Da Silva is the latest Petrov Pole Vault protégé to win a World title». IAAF. Consultado em 15/07/2012.
  3. Ir para cima globoesporte.globo.com/ Thiago Braz bate campeão mundial e conquista o ouro no salto com vara
  4. Ir para cima «Salto com vara: Thiago Braz vence prova em Berlim e estabelece recorde». O Globo. Consultado em 4 July 2016.